Latest Posts:

Agressivo vs Territorial | Barbatanas Blog

Olá a todos! Novo ano, nova vida, certo?!

Aqui à uns tempos respondi a uma pergunta num grupo de aquariofilia sobre comportamento de peixes. A questão focava-se numa espécie de peixes e se estes são agressivos ou não. E aí está o problema.

Vamos por partes! Por definição:
  • Agressivo: Que é capaz de agredir, de atacar; em que há ou expressa agressão. s.m. Indivíduo que tende a se comportar hostil e destrutivamente. (Fonte)
  • Territorial: Que defende ou tende a defender o seu território. (Fonte)
Ora, posto isto, podemos deduzir que um peixe ou outro animal agressivo, tende a atacar por forma a prejudicar outro, seja ele da mesma espécie ou de espécies diferentes. Territorial, por sua vez, é um animal relativamente pacífico para com outros, excepto casos em que o seu território está ameaçado ou foi transposto.

Assim sendo, vamos a um exemplo, que era o caso da dúvida exposta. Um Pulvichromis pulcher (vulgo, Kribensis), é territorial ou agressivo?


Eu responderia, territorial! Mas haverá alguém que diz "Ah e tal e quando tem crias?". A minha resposta mantém-se. Ora, apesar de parecer que o casal se torna mais agressivo, de facto eles ficam é menos tolerantes.
Imaginemos que estão num aquário gigante, digamos 5m quadrados. Os Kribensis não atacam deliberadamente qualquer peixe que vêem, mas sim, expulsam-nos do local onde efectuaram a postura ou onde têm as crias, de tal forma que, se nenhum indivíduo se aproximar dessa zona, o casal permanecerá de guarda às crias tal como se não existisse mais nenhum peixe no aquário.

Espero que tenham ficado com menos dúvidas quando tentam definir o comportamento de determinado peixe!

Fiquem bem e... Até à próxima!
Share on Google Plus

About João Figueiras

The author studied Marine Biologist and is a fishkeeper since the age of 12. The most exciting aspect of the hobby for him is to breed fish and develop certain strains of fish and invertebrates.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário