Latest Posts:

Zebrasoma flavescens | Barbatanas Blog

Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Acanthuridae
Género: Zebrasoma
Espécie: Zebrasoma flavescens

Simplesmente lindo! Um dos meus Acanturídeos preferidos.
Habita os recifes de coral do Oceano Pacífico e é um dos eleitos para o aquário de água salgada. Acreditem, observar este peixinho que chega a atingir os 20cm de comprimento a nadar por todo o aquário e a alimentar-se de pequenas algas é simplesmente apaixonante!

Tal como o seu primo Paracanthurus hepatus, apresenta dois ferrões brancos em cada lado da base da cauda, que utiliza como defesa e ataque. Percorre a zona imediatamente a seguir à rebentação das ondas no recife, sozinho ou em grupo.




Zebrasoma flavescens apresentando a sua magnífica cor

A sua reprodução pode seguir duas vias: em grupo ou em pares.
No primeiro caso, machos e fêmeas libertam os gâmetas para a coluna de água onde ocorre a fertilização, já na segunda via, o macho corteja a fêmea, alterando a sua cor e apresentando movimentos cintilantes. O ritual de acasalamento procede com ambos os peixes a nadarem para cima enquanto libertam os gâmetas e a fertilização ocorre.

As larvas são bastante diferentes dos adultos, com um corpo alongado e transparente, fazendo parte do plâncton. Quando passam ao estado de juvenil, são um pouco territoriais, característica que vai desaparecendo à medida que o peixe matura.

Se optarem por ter este peixe no vosso aquário de água salgada, preparem-se para terem um companheiro durante muito tempo, pois a sua esperança média de vida em cativeiro ronda os 10 anos, enquanto que na Natureza esse número triplica!

Uma vez que são maioritariamente herbívoros, não se esqueçam de lhes proporcionarem muita matéria vegetal, se bem que podem completar a dieta com alguma proteína.

Fiquem bem e... Até à próxima!


Share on Google Plus

About João

The author studied Marine Biologist and is a fishkeeper since the age of 12. The most exciting aspect of the hobby for him is to breed fish and develop certain strains of fish and invertebrates.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. O blog está mesmo giro :D Pena nao ter tempo nem espaço para ter um aquário !

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  2. Obrigado! É favor de publicares regularmente no teu!

    Beijinho. :D

    ResponderEliminar